Profissão de Cabeleireiro é regulamentada

Agora é Lei, mas ainda falta regulamentar alguns dispositivos fundamentais para o exercício da profissão, mas é sem dúvida um grande avanço. A Presidente Dilma Rousseff sancionou, no ultimo dia 18/02, a lei n 12.592, que regulamenta as atividades de cabeleireiro, barbeiro, esteticista, manicure, pedi cure, depilador e maquiador. Com isso estes profissionais passam a ter direitos como qualquer outro trabalhador.A noticia pegou os profissionais desta área de surpresa.

Embora desconheçam os benefícios que o reconhecimento da profissão possa trazer, eles comemoraram a decisão.
Obrigações: Com a lei 12.592, sancionada no ultimo dia 18 de Fevereiro, as profissões de cabeleireiro, barbeiro, esteticista, manicure, pedi cure, depilador e maquiador foram oficializados e são reconhecidas em todo território nacional. Torna-se obrigatório para quem atua nessas áreas obedecer ás normas sanitárias, efetuando a esterilização de materiais e utensílios utilizados no atendimento a seus clientes. Além disso , fica instituído para todo 19 de janeiro, o dia Nacional desses profissionais.
A presidente Dilma Rousseff vetou dois artigos que previam exigências para o exercício das profissões, como ensino fundamental, curso na área ou experiência comprovada de um ano e cursos equivalentes.

Artigo extraído do Jornal de Jundiaí 05-02-2012 (Modulinho empregos).

Bastidores Beauty, sugere: Hoje, os anos de experiência profissional ou simplesmente dotes artísticos, ou até mesmo conhecimentos adquiridos internacionalmente (em cursos técnicos, práticos, válidos), já não são por si só tão valiosos nem de longe indicam o sucesso ou não do empreendedor ou profissional. A Reciclagem, o aprendizado constante e a atualização são primordiais para garantir um bom espaço no mercado concorrido da beleza.

Deixe um comentário